Banco Central: os desafios à frente

.

Comemorou-se 10 anos o regime de metas de inflação no Brasil. De modo geral, tem sido um projeto exitoso. Após a celebração, Meirelles comunicou sua saída, de acordo com a Revista Carta Capital, e ratificou o alerta sobre a seriedade da crise econômica – que tem se acelerado a cada dia. 

Como já se esperava, vai concorrer a governandor de Goiás. 

A grande preocupação é quem será o substituto de Meirelles. O presidente do Banco Central, bem como os componentes do Copom, tem um papel fundamental em transferir credibilidade para a política monetária. Se cair alguém a la Mantega na Presidência do Banco, o Brasil está literalmente em uma situação complicada – ou, na linguagem do Presidente, "sifu". 
Anúncios

2 comentários sobre “Banco Central: os desafios à frente

  1. Fala Humberto! Tem muito banqueiro bom perdendo o emprego la no Brasil, tem tb muita gente boa dentro do governo. Joaquim Levy no governo do Rio e otimo… tomara que um deles preencha essa vaga complicada!
    Abs,
    Tia Carol

  2. Oi Tia Carol! Saudades.

    Concordo. Joaquim Levy seria um ótimo nome com toda certeza. Há bons diretores do Bacen que podem preencher a vaga.

    Só espero que Mantega não influencie, totalmente, tal decisão.

    Beijão,

    H.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s