Política anti-cíclica ao avesso

.

Há poucos economistas no Brasil que se debruçam nos dados fiscais do setor público e produzem análises originais e propositivas. José Roberto Afonso lidera tal grupo.  

 

Em recente nota técnica, produzida esta semana, questiona de forma contundente a dita política anti-cíclica que o governo federal brasileiro diz estar promovendo. Além disso, traz uma discussão bem interessante: o papel dos estados e municípios nesta política anti-cíclica e a flagrante contradição no discurso-e-prática do governo federal no que se refere à responsabilidade fiscal.

 

Suas principais conclusões são:

§  Dada a queda acentuada da arrecadação, o governo federal reagiu à crise de forma diferente dos estados. Enquanto esses reduziram despesas correntes – mesmo com o aumento de despesas de pessoal – de forma a não afetar substancialmente o resultado primário, aquele aumentou despesas correntes – inclusive de pessoal -, reduzindo drasticamente o superávit primário.

§  Enquanto os estados e municípios respeitam a Lei de Responsabilidade Fiscal, garantindo a saúde fiscal da esfera sub-nacional, o governo federal fica livre para colocar em risco o equilíbrio fiscal do país. É uma contradição evidente.

§  A pior consequência disso é que o governo federal não aumentou investimentos, que seria  a principal medida anti-cíclica.

 

Não por acaso, o Governandor de São Paulo José Serra, como mostrado no post anterior, externou preocupações semelhantes.

 

Não só os estados e municípios precisam se preocupar. Os cidadãos também, pois, afinal, são os que sempre pagam a conta por políticas desastradas e desastrosas.

Anúncios

Um comentário sobre “Política anti-cíclica ao avesso

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s