O "passaporte" para o desenvolvimento… sem discussão?

.

Hoje era capa de vários jornais, inclusive de New York Times e Financial Times, que Obama foi entrevistado por cinco cadeias televisivas para falar sobre a reforma na área de saúde que pretende fazer. É um grande debate para o país. O que o Presidente norte-americano fez foi ir a público e explicar por que ele acredita que é importante esta mudança para o país. Antes da televisão, já havia transmitido mensagens pela internet e discursos.

No Brasil, estamos vendo a questão do pré-sal ser apresentada como um eldorado ou shagri-la. A legislação, mesmo contendo pontos inconstitucionais, foi mandada ao Congresso em regime de urgência. Após negociação como o Legislativo, retirou-se o regime de urgência. O pré-sal é também um debate importante para o Brasil. Por que não debatê-lo de maneira mais profunda? José Goldemberg, quem dispensa apresentação no assunto, por exemplo, levatou pontos técnicos importantes que precisam ser melhor esclarecidos à população.

Esta diferença não se deve somente aos Presidentes no cargo, deve-se ao sistema político e social. Entretanto, se o pré-sal é “passaporte para o desenvolvimento do Brasil”, por que não começar a debater esta questão de maneira desenvolvida?

Por enquanto parece haver a clássica confusão de propaganda com transparência.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s