De língua em língua

.

O ainda-Presidente Lula fala com a língua-presa a língua-do-povo. Às vezes, tem, porém, a língua desnecessariamente solta. A sua candidata recém eleita nem subiu a rampa do Planalto para o ainda-Presidente indicar que do alto dos seus 87% de aprovação será novamente candidato em 2014. Eu me pergunto: por que? Tem o direito de ser candidato, naturalmente. Mas por que indicar um futuro que faz com que a futura-Presidente já seja vista como uma presidente-do-passado?!

O problema aqui é claro. Expectativa, criada pela língua-presa desnecessariamente solta.

PS: Saio de férias hoje – sem computador. Volto 10 de janeiro. Desejo a todos um feliz 2011.

Anúncios

3 comentários sobre “De língua em língua

  1. Mas estava claro que esse Senhor tentara voltar. A boquinha do governo eh muito boa pra ele largar. No meu ponto de vista ele deve ter algum acordo com ela, no qual sua criatura se contentaria em um mandato, deixando caminho livre pra 2014. Imagine se ele nao vai querer ser o presidente durante olimpiadas???
    E tem outra, se a economia desandar e Dilmar cair pelas tabelas, Lula volta como o salvador da patria, para “retomar” o caminho do crescimento! Confesso que sou pessimista para o futuro, ainda mais com uma oposicao fragmentada.

  2. Concordo com o “deal” a priori… Mas ainda acho que é uma estupidez torná-lo público (pelo menos passar essa impressão) antes mesmo da posse de Dilma.

    4 anos é muito tempo, de qualquer forma. Em relação à oposição, há um grande dever de casa a ser feito… desde 2002!

  3. Ae, cabrón !

    Antes de comentar o link a seguir, devo dizer que seria legal ter o contexto em que a frase do Lula foi dita, só para balizar mais a discussão 🙂

    A Agencia Estado (link via diário do Grande ABC)
    http://www.dgabc.com.br/News/5848705/com-derrota-nas-urnas-psdb-teraque-se-consolidar-como-oposicao.aspx

    Traz novidades da briga intestina do PSDB que é, para o bem e para o mal, o partido símbolo da oposição. Se o Serra continuar com sua movimentação, vai se perder muito tempo até a articulação de um discurso que unifique, identifique a oposição, clarificando suas posições.

    Falando em posições, viu a situação que ficou o Serra com o “Cablegate” do Wikileaks ???
    http://cartacapitalwikileaks.wordpress.com/2010/12/13/nos-bastidores-o-lobby-pelo-pre-sal/

    Uma coisa que a oposição teria de fazer é clarificar logo sua posição. Aliás, os telegramas tem uma linguagem bastante acessível para não iniciados.

    Abcs !!!

    PS: leio a entrevista do Bacha depois, é muito grande (rs) Bota umas figuras, da próxima vez (+rs)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s