Olhando a crise nos olhos

.

Tive o prazer de ter aula com Guillermo Calvo, grande economista argentino. Desde o início da crise financeira ele advoga a formação de um emprestador de última instância em nível mundial. Somente assim, haveria a possibilidade de se enfrentar a crise “olhando nos seus olhos”. Essa foi a expressão que usou quando veio fazer um apresentação no Banco Mundial, a meu convite, há duas semanas.

A idéia básica de Calvo é que não se pode resolver uma crise financeira a partir de uma solução que não seja relacionado ao sistema financeiro. Política fiscal, por exemplo, não poderia ser a melhor resposta. O problema da falta de liquidez no mercado internacional será resolvido quando houver uma espécie de “Banco Central Mundial”, segundo ele, pois seria uma instituição capaz de injetar recursos em nível global imediatamente.

The_Eye_of_the_World_by_AnubisServent

No final das contas, a idéia que perpassa o argumento de Calvo é resgatar novamente o busto de Keynes do porão do FMI, o que Strauss-Kahn tem se esforçado. Jacob Frankel, ex-Presidente do Banco Central israelense, contou certa vez na Universidade Columbia que quando Calvo juntou-se à sua equipe no FMI eles trouxeram, de fato, o busto de Keynes do subsolo para o departamento de pesquisa do Fundo. O FMI parece que está seguindo esta política.  Um “Banco Central Mundial” está para ser criado.

Daron Acemoglu, do MIT, quem estava fazendo um treinamento com funcionários do Fundo há alguns meses sugeriu: tragam as melhores pessoas, paguem-nas com salários de banco de investimento, e faça uma instituição deste tipo (não clara em sua fala) funcionar. O próprio Calvo evita discutir com uma instituição nesses moldes deveria ou poderia ser operacionalizada.

Bem, o desafio agora é com os gestores públicos!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s